12
01
11

No seu interior, ainda bebê, começou-se a desenvolver o corpo de um feto. A menina, Kang Mengru, começou a ficar com barriga inchada até que foram fazer exames. Através de uma tomografia viram que dentro do seu abdômen crescia uma nova criança parasita. Os médicos identificaram como uma rara condição que se chama “fetus in fetus” e que acontece quando um embrião absorve o outro durante as primeiras semanas de gravidez. O que costuma acontecer é que a nova criança fica reduzida a alguma parte humana. Neste caso de Kang, o bebé dela é um feto completo, tal e qual um novo bebé.
A menina vai fazer uma cirurgia para a remoção do feto. O problema é que os médicos não sabem se a criança sairá com ou sem vida.

Geraligado – Todo mundo ligado .

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.