13
07
15

O julgamento de um homem suspeito de roubar um carro nos Estados Unidos se tornou um reencontro emocionante depois que a juíza Mindy Glazer reconheceu o réu, Arthur Booth, 49, como sendo um velho amigo de infância. “Nós jogávamos futebol [americano] juntos e olha o que aconteceu”, afirmou a juiza americana.

“Senhor Booth, tenho uma pergunta. Você frequentou [a escola] Nautilus?”, questionou a juíza enquanto tentava conter a emoção. “Oh meu Deus! Oh meu Deus!”, disse o homem ao olhar para ela. O caso aconteceu na terça-feira!

Moral da história : O sol nasce pra todos e é o indivíduo que decide . Na vida nada vem de graça!

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.