18
08
16

Em 1610, Galileu voltou seu telescópio para o céu pela primeira vez. A partir daí, as descobertas sobre os astros e o espaço passaram a intrigar e impressionar cada vez mais os cientistas e entusiastas do espaço. O mundo acordou para novas descobertas e as pessoas aprenderam sobre os anéis de Saturno, luas de Júpiter e todos os planetas do Sistema Solar.

Nos séculos seguintes, os telescópios cresceram cada vez mais em tamanho, complexidade e poder de alcance. Em 1920, o astrônomo Edwin Hubble utilizou o maior telescópio construído até então para descobrir galáxias além da Via Láctea, onde vivemos. Em homenagem ao cientista, deram o nome dele a um dos mais importantes telescópios da história: o telescópio Hubble.

Hubble é o maior telescópio já colocado no espaço. Acima de todas as distorções da atmosfera, muito além do mundo em que tivemos, o aparelho já consegui visões impressionantes do universo. Por meio do Hubble, cientistas já conseguiram observar as mais distantes estrelas e galáxias existentes, além de ter informações úteis sobre os planetas de nosso próprio sistema.

O lançamento do telescópio Hubble aconteceu em abril de 1990 e marcou um dos momentos mais significantes das pesquisas astronômicas desde o telescópio de Galileu. Graças às imagens produzidas no espaço em mais de 25 anos de funcionamento, nossa visão e compreensão do universo é cada vez mais completa.

Por conta de poderosas tecnologias, o telescópio Hubble foi capaz de gerar algumas das imagens mais incríveis e intrigantes do espaço. Confira alguma das mais impressionantes fotografias geradas pelo equipamento, que chamam a atenção não só de astrônomos e cientistas, mas de qualquer um que consegue admirar a beleza do céu e das estrelas.

1 – Concentração de estrelas R136
12 imagens incríveis que foram captadas pelo telescópio Hubble1

Continuar lendo >>

17
08
16

Sempre que uma dorzinha de cabeça, ou aquele incômodo estomacal, talvez uma dor muscular, aparece imediatamente temos o instinto de tomar algum remédio para que esses “pequenos” incômodos não atrapalhem a agitação da vida cotidiana, nos impedindo de realizar nossas obrigações diárias.

Quando ingerimos qualquer tipo de remédio sem consultarmos um médico previamente, estamos nos “automedicando”. Certo, uma atitude bem comum mas, o que tem de mais nisso? O problema está relacionado ao uso indiscriminado de medicamentos, à “medicalização”, ou seja, uma maneira de curar “todas” as doenças, promovendo bem-estar, usando exclusivamente o medicamento.

Uma pessoa que se automedica está propensa a correr alguns riscos, como a intoxicação. De acordo com a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária): “A intoxicação por medicamentos ocupa o primeiro lugar dentre as causas de intoxicação registradas em todo o país, à frente dos produtos de limpeza, dos agrotóxicos e dos alimentos estragados.”. Confira os 7 remédios que você não deve tomar por conta própria (se quiser continuar a viver).

1 – Antibióticos
7 remédios que você não deve tomar por conta própria1
Antibióticos derivados da amoxilina, são utilizados para o tratamento de infecções e combate a bactérias. Os riscos do uso indiscriminado desse medicamento são intoxicações por super dosagem, altos riscos de tornar as bactérias resistentes, tendo como consequência o início das chamadas “superbactérias”.

Continuar lendo >>

15
08
16

Já fizeram experimentos com vários tipos de coisas, como alumínio, com coisas simples para você fazer nas férias e até aqueles que seriam capazes de deixar qualquer pessoa com vontade de chorar. Antes da Medicina ser um campo avançado como é hoje, alguns médicos já fizeram experimentos em seus pacientes ou mesmo animais para chegar a uma possível cura de uma doença ou mesmo testar um antídoto para alguma enfermidade de forma bem bizarra e sem noção. E foi a partir daí que alguns tratamentos para doenças evoluíram, enquanto que outros mostraram que não era bem por aí a se seguir. Fazer transplante de cabeça, controlar a mente de um touro, mandar um animal para o espaço, confira a listinha que nossa redação separou para você com alguns experimentos médicos mais macabros de todos os tempos:

1 – Controle eletrônico da mente

Esse experimento foi capaz de controlar a mente de forma eletrônica. Eles testaram um dispositivo, uma espécie de transmissor de rádio com eletrôdos de fio fino implantados dentro do cérebro, que consegue parar um touro enfurecido apenas pressionando um botão.

Assim que o touro parte para atacar o homem que o provoca, o cientista pressiona outro botão no dispositivo e o touro para e começa a trotar de forma calma.


Continuar lendo >>

12
08
16

Se para muita gente falar sobre sexo é ainda é um tabu difícil de ser quebrado, imaginem só falar sobre virgindade. Um assunto delicado, carregado de significado histórico e cultural. Mas, afinal de contas, o que é virgindade? Do que se trata essa definição? Por que esse é um assunto que é tratado com tanto “medo” por algumas pessoas.

Independentemente de religião e crença, nessa matéria apontamos algumas curiosidades sobre a virgindade que, provavelmente, ninguém nunca te contou. É importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, nem impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina àqueles que se identificarem.

E foi pensando tanto nessas, quanto em outras, perguntas que selecionamos  uma listinha com 8 segredos que nunca te contaram sobre a virgindade. Confira:

1 – O que é virgindade?
8 segredos que nunca te contaram sobre a virgindade1
Na verdade, não existe uma definição exata, a palavra “virgem” deriva do latim “virgo”, e significa força, habilidade. Inicialmente essa palavra não se referia à castidade sexual mas, sim, à independência sexual. Historicamente falando, uma mulher virgem era aquela capaz de prover um filho sem ter de se envolver com um homem.

Por exemplo: Ishtar, Diana, Astarte e Isis eram chamadas virgens por serem sexualmente independentes. Assim como muitos heróis de algumas culturas antigas eram considerados filhos de virgens, como: Buda, Osíris, Genghis Khan, Jesus, etc.

Os hebreus, por sua vez, utilizaram a palavra em seu sentido original, que significa “mulher jovem”, o que nada tem a ver com castidade sexual. Depois de muito tempo, tradutores, por não acreditarem na independência sexual da “Virgem Maria”, começaram a distorcer o significado da palavra para intocada, casta, sexualmente pura.

Continuar lendo >>

8 segredos que nuncam te contaram sobre a virgindade

11
08
16

Quando somos crianças, adoramos ficar várias e várias horas na piscina nos divertindo com nossos amigos e família até que finalmente saímos e já estamos velhos. Calma, você não ficou uma eternidade para envelhecer e sim alguns minutos dentro da água que fizeram seus dedos se enrugarem e ficarem igual de pessoas velhas. Mas como isso acontece?

Existiam duas explicações para esse fenômeno, e não sabemos qual é realmente a resposta certa. Acredita-se que nossas mãos têm camadas de pele morta e depois de um tempo muito grande na água, elas absorvem água e por isso nossos dedos incham. Isso pelo menos é que diziam nossas mães, para nos acalmar quando ficávamos parecendo velhos depois de um dia inteiro na piscina.

A segunda é que quando ficamos muito tempo na água, nossos dedos ficam enrugados por conta da contração de vasos sanguíneos. Nosso cérebro percebe que estamos na água por muito tempo e isso acontece de forma involuntária. De acordo com os cientistas, isso é traço evolutivo que ajudava o ser humano na hora de atividade necessitavam ficar muito tempo na água e não escorregar ou deixar coisas cair.

E se fossem 10 dias?10-dias-1-600x331
Para ficar com os dedos enrugados, basta ficar mais de 5 minutos sobre a água para a mágica acontecer. Mas cientistas resolveram elevar o tempo. Tim Yarrow, que é conhecido por servir como cobaia humana para um programa de curiosidade cientificas, ficou 10 dias embaixo água.

Ele bateu o recorde que antes era de 212 horas e 30 minutos, que acontece em 1986 por Michael Stephens. Durante o experimento, ele se alimentou com uma dieta com poucas fibras, respirava com muita dificuldade com através de tubos e uma roupa especial para coletar excrementos dos 10 dias.

A imagem abaixo mostra que os dedos de Yarrow ficaram parecendo duas salsichas gigantes e enrugadas. O grupo de cientistas que acompanhou a “cobaia”, explicou de acordo com a primeira teoria. No final da matéria, vamos deixar o vídeo com todo o processo. Basta utilizar as legendas oferecidas pelo próprio Youtube para ver legendado.

Mas é aí que fica a pergunta: qual dessas teorias é a teoria certa? Algumas pessoas defendem com unhas e dentes que nossos dedos das mãos e dos pés enrugam por conta da absorção de água, outros dizem que estímulos do nosso cérebro comandam esse enrugamento. Nós vemos no vídeo que o homem aumenta consideravelmente o tamanho de sua mão, que pode indicar que a mão absorveu muita água. Mas não impediria dos dedos enrugarem muito mais com passar do tempo.

10
08
16

Os manicômios foram um grande negócio por volta do início dos anos 1900. Quase qualquer declaração de que uma pessoa era “insana”. Em uma reportagem de um jornal de 1903, o médico de um asilo admite: A pessoa a ser julgada em kentucky por ser louca, muitas vezes, é julgada por pessoas analfabetas, homens ignorantes, homens indiscriminados.

Os oficiais saem e pegam qualquer pessoa. Quem iria querer ter sua sanidade sendo julgada por religiosos radicais? Ser colocado em um asilo não era nada raro, principalmente por coisas ínfimas, como se vestir como um homem ou ter um pai bêbado.

Lembramos que não temos o intuito de criticar, julgar nem impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se refere àquelas pessoas que se identificarem. E, foi justamente pensando nessas pessoas e situações, que criamos uma listinha com 7 coisas bobas que te levariam para o manicômio no passado. Confira:

1 – Irritando a pessoa errada
7 coisas bobas que te levariam para um hospício no passado1
No início de 1900, você tinha que ter muito cuidado com você irritava. Por exemplo, a Senhora Helen Pike foi enviada para um manicômio porque irritou um magnata em um bonde, em 1917. Não houveram razões encontradas pelas quais ela fora considerada irritante pelo homem.

Ela foi simplesmente levada à julgamento e enviada a um asilo para deficientes mentais. Claro que, isso não é tão ruim quanto irritar o presidente dos Estados Unidos. Em 1916, Richard Cullen, também, foi enviado a um sanatório provavelmente pela vida inteira porque o jovem forçou passagem para chegar ao, então, Presidente Wilson enquanto o chefe-executivo estava em uma excursão de automóvel pela cidade.

Cullen foi declarado insano e se tornou um “prisioneiro” de Marshalsea, na Allegheny County, uma instituição para deficientes mentais. Em nenhum documento foi provado que ele estava tentando ameaçar o presidente e sim que, estava apenas tentando chamar sua atenção.

Continuar lendo >>

09
08
16

Lábios? Os pássaros vivem muito bem sem eles, pois é, já os humanos… Todos nós nascemos sabendo sugar e não precisamos aprender, não é curioso? Usar os lábios para sugar é uma das primeiras habilidades que temos ao nascer. Essa aptidão fundamental para nossa sobrevivência é conhecida como “reflexo primitivo”.

Além da importância, óbvia, para comer e falar os lábios têm um poder fenomenal. Razões de sobra para estarmos todos de acordo que vale a pena ter lábios – mesmo que de vez em quando eles rachem com o vento ou acabem mordidos sem querer. Por Hollywood passaram mulheres com lábios invejáveis, confira algumas.

Angelina Jolie
Os lábios mais belos de Hollywood1

Continuar lendo >>