11
09
15

Nos últimos dias, uma página do Facebook intitulada “Project Harpoon” virou alvo de uma grande polêmica. Os responsáveis pelo projeto utilizaram o programa de edição de imagens Photoshop para deixar diversas personalidades magras.
Segundo a descrição dos autores, a página seria dedicada a mostrar os dois lados da beleza moderna, já que eles acreditam que exista uma tendência a favor da “pró-obesidade”. Eles ainda dizem que, devido a essa “aceitação da gordura”, as pessoas estão deixando de se cuidar e de fazer exercícios. Sendo assim, o projeto teria como objetivo mostrar como ser magro é legal.

Com a página retirada do Facebook, o projeto ainda existe em outros lugares, como no site “Thinner beauty”, que justifica a divulgação das imagens como um incentivo para pessoas que querem emagrecer. Após a controvérsia, o grupo só aceita editar imagens enviadas diretamente por quem aparece nas fotografias. Para os idealizadores, as manipulações fotográficas trazem uma visão da beleza que pode ser alcançada através de um compromisso com a dieta e os exercícios, servindo de inventivo.
Totalmente contra a edição das fotos, diversas pessoas estão deixando sua posição clara quanto ao projeto, como a blogueira Ju Romano. “Criar um corpo completamente irreal, baseado em modificações do Photoshop, só ajuda a reafirmar um estereótipo inalcançável e impossível, que não ajuda a mulher a cuidar de sua saúde, como afirma o projeto. Pelo contrário, só massacra a autoestima feminina e contribui para a infelicidade com o corpo”, disse ela.
Confira algumas das fotos modificadas no “Project Harpoo

1. Denise Bidot

2. Tes Holiday

3. Clementine Desseaux

4. Kelly Clarkson

5. Angela Trovato

6. Lulinix

7. Mayara Russi

8. Lena Dunham

9. Viktoria Manas

10. Tes Holiday

11. Whitney Way Thore

12. Imagem do ensaio baseado na obra “Beleza Americana”

13. Tara Lynn

gordinhas photoshop incentivomulher na obra geraligadomulheres antes e depois do fotoshop
Porno
PornoEAdulto

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.