24
09
14
Você provavelmente não pede um McLanche Feliz há muito, muito tempo. Ou então nunca pediu. Esse mini-lanchinho barato do McDonald’s, no entanto, faz muito sucesso entre as crianças por conta dos brinquedos incluídos na caixinha. Mas e se o McDonald’s criasse versões exclusivas do McLanche Feliz para adultos, em homenagem a filmes e séries de sucesso?
O artista norte-americano Newt Clements se baseou nesta premissa ao criar uma série de conceitos para o lanche popular. De Kill Bill a Breaking Bad, passando por Star Wars e Jogos Mortais, a coleção com certeza faria muito sucesso. Eu  compraria vários! rs. Não seria emocionante abrir uma dessas caixas e poder levar consigo uma lembrança na forma de Tardis, do Doctor Who? Ou de Frodo, do Senhor dos Anéis?
Confira os conceitos das embalagens e os brinquedos:

 

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

E se o McLanche Feliz fosse destinado a adultos?

Geraligado – Todo mundo ligado .
doctor who no mc lanche felizmc lanche feliz kill bill

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.