03
10
16

Aqui no Brasil, para tentar identificar um corpo que chega ao local sem documentos de identificação, alguns Institutos Médico Legal (IML), realizam pelo menos dois procedimentos, além da necropsia. Mas depois de alguns dias, se os familiares não aparecerem, o corpo é enterrado. Bom, mas e quantos casos nós temos de pessoas que não foram identificadas ou mesmo de crimes que as pessoas nunca descobriram seus autores?

Sim, existem milhares de casos de pessoas criminosas ou que morreram e não foram identificadas, e algumas desses casos amigos, são verdadeiramente assustadores. Então, caros amigos, confiram agora a nossa matéria com as 7 histórias misteriosas envolvendo pessoas não identificadas:

1 – Neil Dovestone
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas1
No dia 11 de dezembro de 2015, um homem idoso entrou no Pub Clarence em Greenfield, na Inglaterra. Depois disso, ele pediu informação de como chegava até o topo de uma montanha, embora ele não estava vestido para ir até lá. No dia seguinte, seu corpo foi encontrado em Saddleworth Moor (uma área doo Pennines do Sul no Norte da Inglaterra). Ao que tudo indica coisas bem bizarras acontecem na Inglaterra, afinal quem não se lembra do Jack Estripador.

O homem tinha 130 libras e alguns bilhetes de trem no bolso, que mostraram que ele tinha viajado 320 quilômetros de Londres. No entanto, ele não tinha nenhuma identificação. Desde que ele foi visto pela última vez, perto de Dovestone Reservoir, ele foi nomeado como Neil Dovestone. A maior pista que a polícia tinha era uma garrafa vazia de sódio de tiroxina, um lote específico que só é fabricado e distribuído no Paquistão. Mas isso não ajudou os investigadores a descobrir a identidade de Neil Dovestone.

2 – Julie Doe
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas2
No dia 25 de setembro de 1988, um corpo decomposto foi descoberto em uma área arborizada no Condado de Lake, Flórida. Acredita-se que a vítima era do sexo feminino, mas sua causa era desconhecida. Ela tinha implantes mamários e, teoricamente, alguns sinais indicavam que ela tinha dado a luz recentemente, mas a vítima nunca foi identificada.

Porém, quando o teste de DNA foi feito sobre os restos em 2015, uma descoberta surpreendente foi feita: a vítima tinha DNA masculino e era transgênero. Ela recebeu o nome de Julie Doe. Julie foi provavelmente submetida a cirurgia de mudança de sexo na época da sua morte.

3 – Allen
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas3
Entre os anos de 1976 e 1977, em Oakland County, Michigan, a cidade foi aterrorizada por assassinatos a crianças, onde um serial killer raptou e assassinou quatro crianças, mas ele nunca foi identificado. Mas a pista mais intrigante veio de um homem misterioso chamado “Allen”, que contatou o psiquiatra Bruce Danto. Allen afirmou que o assassino era seu companheiro de quarto, Frank, e que Allen iria fornecer provas fotográficas em troca de imunidade.

Ele concordou em se encontrar com Danto em um bar gay local. Danto estava ligado, e um policial disfarçado chamado Jerry Tobias também estava no bar. Desconhecido para Danto, Tobias foi abordado por um homem para lhe pagar uma bebida. Tobias teve alguns probleminhas com o tal homem, que acabou saindo do bar. Desde então, Allen nunca mais apareceu, e tem sido especulado que ele era o homem não identificado.

4 – Bo Weavil Jackson
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas4
É incrível pensar que um músico pode aparecer do nada, gravar dois álbuns, e depois simplesmente desaparecer. Esse caso aconteceu em 1926, e naquele ano, a Paramount Records lançou um álbum de blues com canções de um cantor e guitarrista de blues negro chamado Bo Weavil Jackson.

Pouco tempo depois, a Vocalion Records lançou outro álbum de blues com canções do mesmo homem, só que dessa vez ele usou o nome de Sam Butler, e essa foi a última vez que alguém ouviu falar dele. No total, Jackson gravou 13 faixas, e os especialistas em blues elogiaram muito suas habilidades musicais. Infelizmente, nenhuma outra documentação apareceu, e sua verdadeira identidade permanece desconhecida. A boa música de Jackson vocês podem conferir no vídeo abaixo.

5 – Johnny Lee Mills
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas5
Realmente é terrível quando uma criança desaparece, mas é particularmente trágico quando ninguém sabe a identidade da criança. Em 1990, a policia da cidade americana de Louis levou um adolescente em custódia que alegou ser um fugitivo de 13 anos de idade. O nome que ele forneceu foi “Johnny Lee Mills”. Johnny foi transferido para um abrigo para crianças em Maryland heights, Missouri, antes dele fugir no dia 21 de setembro do mesmo ano.

Sua fotografia e vitais estatísticas foram fornecidas ao Centro Nacional de Informação ao Crime e do Centro Nacional para Crianças Desaparecidas e Exploradas. No entanto, descobriu-se que Johnny Lee Mills não era o nome real do menino. Desde que sua verdadeira identidade não foi estabelecida, as agências de investigação não tinham escolha a não ser fechar o seu caso. Até hoje, ninguém sabe a verdadeira história de Johnny Lee Mills.

6 – O marinheiro desconhecido da Holanda
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas6
Em 16 de julho de 1995, o corpo de um homem foi encontrado em uma ilha desabitada na costa dos Países Baixos. Várias semanas antes, os restos de um iate de madeira tinha ido parar na costa do mesmo local. O homem provavelmente foi navegando no iate antes de ser “varrido” pelo mar e se afogar. O único problema, como qualquer outro item dessa lista, é que ele não tinha identificação.

Vários itens foram achados na ilha, alguns dos quais forneciam pistas intrigantes. Uma vela com as iniciais “HB” foi encontrada, levando a especulação de que as iniciais representavam o clube de vela Harne Bay, na Inglaterra. A vítima também usava uma determinada marca de relógio vendido na Suécia com o número “553978” escrito na parte de trás. Apesar do DNA ter sido extraído do corpo, o marinheiro continua desconhecido.

7 – Wheaton Bandit
7-historias-misteriosas-envolvendo-pessoas-nao-identificadas7
A partir de janeiro de 2002, um homem mascarado carregando uma arma semi-automática teria cometido uma série de assaltos a mão armada em Wheaton, Illinois, uma cidade suburbana localizada fora de Chicago. O criminoso assaltou sete bancos na comunidade e foi apelidado de Wheaton Bandit. Depois, ele começou a roubar bancos suburbanos em torno das cidades de Glen Ellyn e Winfield.

No total, o criminoso roubou 16 bancos e uniões de c´redito e fugiu com mais de US $ 100.000. Seu último assalto conhecido ocorreu em 7 de dezembro de 2006. A recompensa de 50 mil dólares foi oferecida pela captura do bandido, mas ele nunca foi encontrado.

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.