19
04
16

Realmente as indústrias dos alimentos fazem coisas que nós nem imaginamos, usam alguns ingredientes que nós nunca poderíamos imaginar encontrar nos alimentos. Por exemplo, você sabia que algumas industrias usam um certo aminoácido retirado do cabelo humano? Coisas assim são usadas em diversas comidas e nós não sabemos… Então, caros leitores, pensando em ingredientes nojentos que são colocados nas comidas, criamos essa matéria para deixar informar o que realmente vocês estão comendo, e temos a certeza que os ingredientes irão te surpreender.  Confiram agora a nossa matéria com as 8 coisas nojentas presentes nos alimentos que você come sem saber:

1 – Silicone

Fiquem vocês sabendo que os nuggets de frango são feitos de apenas 50% de frango, o restante são ingredientes sintéticos, incluindo dimetilpolisiloxane, que é um produto químico usado em silicone, como aqueles que tem em implante de mama.

2 – Insetos esmagados

Uma substância chamada carmine é feita a partir da fervura de cascas de um besouro do sexo feminino. Ás vezes pode ser chamado de “esmalte de confeiteiro” e pode ser usado para fazer doces de frutas. Carmine geralmente é usado como um corante vermelho, e realmente é feito a partir das cascas de besouros do deserto.

3 – Fezes de castores

Vocês podem não saber, mas os sorvetes de morango, baunilha e framboesa possuem urina e fezes seca de castores. Castoreum é um aditivo alimentar muito popular em sorvetes e doces que pode ser chamado de aroma natural.

4 – Cabelos humanos

Se você morre de nojo quando encontra um fio de cabelo na sua comida, você vai ficar espantando quando descobrir que vários alimentos possuem um aminoácido derivado dos cabelos humanos. As pessoas colocam cabelos humanos ou penas de pato, pois eles contém L-cisteína, que é um aminoácido utilizado para prolongar a vida dos produtos. É comum encontrar esse aminoácido em pães de supermercado, e para não consumir cabelos humanos, procure comprar pães frescos.

5 – Alcatrão de carvão

O alcatrão de carvão normalmente é encontrado em alimentos que foram artificialmente tingidos. Quando os fabricantes começaram a tingir sinteticamente os alimentos cerca de 120 anos atrás, eles dependiam fortemente do alcatrão de carvão. Embora muitas indústrias de alimentos tenham eliminado essa alternativa, muitas ainda continuam a usar o material para “colorir” seus alimentos.

6 – Bexiga de peixe

Existe uma substância gelatinosa que é produzida na bexiga do peixe que é adicionada em algumas cervejas para ajudar a remover qualquer “nebulosidade” a partir do produto final, a remoção de todo o resíduo de fermento ou partículas sólidas na cerveja.

7 – Óleo para evitar incêndio

Óleo vegetal bromado (BVO) é muito usado como um retardador de chama em móveis (as pessoas usam para evitar incêndios), e surpreendentemente pode ser encontrado nos refrigerantes com sabor de frutas cítricas.

8 – Biodiesel

Também conhecido como hidroquinona terciário (TBHQ), é um aditivo biodiesel que pode ser encontrado em nuggets de frango e biscoitos de queijo. O conservante sinteticamente criado é usado em muitas coisas, e se usado da maneira bruta (como é retirado da natureza) apenas 1 grama do material pode ser muito prejudicial a uma pessoa.

alimemtos mais nojentos e nao imaginamos
Porno
PornoEAdulto

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.