02
02
16

Sabemos que é difícil de acreditar, mas o mundo está melhor do que há um tempo atrás. Ainda existem guerras, fome, corrupção etc. Mas o mundo nunca viveu um momento tão pacífico. Você talvez ache essa informação um absurdo, diante da recente situação na Ucrânia ou na Síria, ou ainda ao ver países do oriente sendo invadidos por super potências econômicas interessadas em petróleo. Mas o que vivemos atualmente não é nada comparado às guerras que já existiram.

Nos últimos 50, 60 anos, ocorreram mudanças que estão orientando o futuro da humanidade para uma era melhor, com mais expectativa de vida, mais recursos (relativamente) e, sobretudo, mais informação. Você vai compreender de que maneira fatores como densidade populacional e igualdade entre gêneros influenciam na qualidade de vida no mundo todo. Conheça 7 fatos de que o mundo atual é um lugar melhor do que já foi.

1- O rápido crescimento populacional está chegando ao fim

Na última década, o número total de crianças de 0 a 14 anos estabilizou-se em torno dos dois bilhões. Isso significa que, sim, teremos provavelmente mais uns 3 ou 4 bilhões de novos adultos na população mundial, mas a partir da segunda metade deste século, o crescimento populacional finalmente chegará a um fim.

2- Não dá para classificar os países apenas como “subdesenvolvidos” ou “em desenvolvimento”

Na última década, principalmente, aconteceram mudanças significativas que não nos permite mais enquadrar um determinado país em uma dessas categorias. Muitos países que eram do grupo dos “em desenvolvimento” conseguiram mostrar um crescimento continuo. A maior parte do crescimento econômico do mundo todo está fora da Europa Ocidental e da América do Norte.

3- As pessoas são mais saudáveis

Há 50 anos atrás, a expectativa média de vida era de 60 anos. Atualmente é 70, e isso aplica-se à maioria dos povos do mundo. A mortalidade infantil também caiu dos anos 60 pra cá. Era de 20 em 1960 e é 5% hoje. Essa queda não contribui para o aumento populacional porque as com menos crianças morrendo, as mulheres não planejam ter mais filhos.

4- As mulheres têm tido cada vez mais participação

As mulheres entre 25 e 34 anos, têm atualmente 7 anos de escolaridade. Isso é considerado um avanço, considerando que os homens na mesma faixa etária têm em média 8 anos. A igualdade entre gêneros ainda não é plena, mas no tocante à violência contra a mulher no Brasil, entre 2006 e 2012, o “Ligue 180” (Central de atendimento à mulher) teve um aumento de 16000% nas chamadas e 700% nas denúncias de violência. O que indica uma maior indignação da população e das próprias vítimas nesses casos.

5- É possível ver o fim da pobreza extrema

O número de pessoas extremamente pobres diminuiu 50% desde 1990. Sete das economias que mais crescem no mundo estão na África. De 1960 pra cá, a renda per capita na China aumentou 8 vezes, na Índia aumentou 4 e no Brasil aumentou 5 vezes. Os estadunidenses acreditam que 25% de seu orçamento é destinado a ajudar outros países, mas na verdade apenas 1% recebe essa destinação. Eles gastam 60 vezes mais com as Forças Armadas do que com auxílio saúde. 10% do orçamento seria o suficiente para de fato ajudar nações amigas.

6- Menos guerras

Pesquisadores da Universidade de Harvard afirmam que estamos vivendo a época mais pacífica da história da humanidade. Mesmo com conflitos no Iraque, Síria, Ucrânia, Afeganistão e outros países, o número de mortos em guerras está caindo a cada ano.

7- Trabalhamos menos

Por mais que você sinta o contrário (principalmente nas manhãs de segunda-feira), nos dias de hoje trabalhamos menos. Um estudo do Ourworld Data, mostra que jornadas de trabalho de mais de 60 horas por semana eram comuns no início do século XX. Hoje, na maioria dos países da Europa, a média não passa de 40 horas.

O MOMENTO EM Q VIVEMOS ATUALMENTE E NA DECADA DE 1960xvideos hentaj com criansas
Porno
PornoEAdulto

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.