06
11
15

Vários filmes e séries mostram espiões utilizando tecnologias simplesmente inacreditáveis que despertam a nossa imaginação a respeito dos aparatos eletrônicos que podem ser utilizados na vida real. No entanto, nem todo eles têm o glamour da ficção, embora pareçam ter saído dela. A seguir você vai poder conferir alguns aparatos de espionagem completamente estranhos que realmente existem.

Acredite ou não, eles foram ou podem estar sendo utilizadas por governos e instituições para descobrir informações ou monitorar pessoas. Só fica a pergunta: Será que são realmente eficientes? Conferindo os itens abaixo você vai entender o porquê do questionamento.

1 – Armas em batons e guarda-chuvas
5 tecnologias de espionagem geniais que você pode ter em casa1
Há quem diga que um batom vermelho pode tornar uma mulher fatal. Parece que a Inteligência Secreta da União Soviética levou a questão bem a sério. No Museu Internacional de Espionagem em Washington, nos Estados Unidos, exemplares de armas em batons e até guarda-chuvas são exibidos. Eles eram capazes de um único disparo, que devia ser feito à queima-roupa.

Os objetos eram conhecidos como beijo da morte, um nome bem apropriado para um batom assassino, não acha? Se você pensava que esse tipo de aparato só existia nos desenhos animados ou filmes do James Bond, agora sabe que não.

2 – Gatos espiões
5 tecnologias de espionagem geniais que você pode ter em casa2
Além dos pombos-correio que levavam informações em tempos de guerra, outro animal também foi utilizado para conseguir vantagem militar. Durante a guerra fria, agentes do serviço secreto norte-americano descobriram que aparelhos de escuta eram ruins para captar ruídos de fundo, ao contrário da audição dos animais, que costumam ser boa para o fim.

Com um plano que hoje não seria aprovada pelos defensores dos Direitos dos Animais, eles decidiram implantar uma escuta no ouvido de um gato. O experimento ocorreu nas décadas de 1950 e 1960 e foi desenvolvido para espionar os soviéticos. Além de implantar uma escuta na cóclea do animal, os agentes também implantaram uma bateria em seu abdômen e uma antena em sua cauda.

Depois das “modificações”, o gato passou por treinamentos para ultrapassar obstáculos. O grande problema é que ele desviava do alvo para procurar comida. Assim foi necessário treiná-lo para ignorar o instinto e permanecer no percurso. No entanto, depois do treinamento, ele foi atropelado por um táxi ao atravessar a rua e morreu.

3 – Tecnologias psíquicas
5 tecnologias de espionagem geniais que você pode ter em casa3
Nem mesmo o poder da mente fica de fora quando o assunto é espionagem. Parece inacreditável, mas durantes muitas décadas a CIA financiou a operação Stargate. Consegue imagina do que se trata? Ela utilizava médiuns para descobrir segredos soviéticos. Depois de milhões de dólares serem gastos com o programa e nenhum resultado efetivo ser encontrado, ele finalmente teve fim durante o mandato de Bill Clinton.

4 – Microfone visual
5 tecnologias de espionagem geniais que você pode ter em casa4
Você consegue imaginar como funciona um microfone visual? Quando falamos as ondas sonoras promovem vibrações, sendo assim, a fala poderia ser registrada em fotografias. Com esse objetivo, cientistas da Universidade do Texas desenvolveram um aparato capaz de registrar o ambiente em que as palavras foram ditas.

A câmera é capaz de registrar as vibrações que são geradas na fala e quando elas são analisadas podem recriar as palavras que foram ditas. Ou seja, caso um espião quisesse saber detalhes de uma conversa, deveria apenas fotografar discretamente o local em que as palavras estavam sendo ditas.

5 – Implantes médicos hackeados
5 tecnologias de espionagem geniais que você pode ter em casa5
Se você achava que apenas aparelhos eletrônicos como computadores poderiam ser hackeados estava enganado. Dispositivos com fins médicos que são operados a bateria, como é o caso de marca-passos cardíacos e bombas de insulina. Em uma conferência realizada em 2011, o hacker Jerome Radcliffe revelou que era possível hackear aparelhos médicos e causar a morte de quem os utiliza.

Não há registros de que algum aparelho do tipo tenha sido manipulado por hackers, no entanto agências de vigilância dos Estados Unidos tentam pressionar fabricantes dos aparatos para que possíveis vulnerabilidades neles sejam eliminadas.

eletrodo funcionava como microfone guerra fria

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.