06
07
15


O Dia Internacional do Beijo é comemorado mundialmente em duas datas diferentes 13 de abril ou 6 de Julho. Não existem evidências verídicas de quando esta data foi criada e nem como foi criada, indicam que, possivelmente, seja o dia 13 de Abril de 1882.

Beijo (do latim basium) é o toque dos lábios em outra pessoa ou objeto. Na cultura ocidental é considerado um gesto de afeição.

Os primeiros relatos sobre o beijo remontam a 2 500 a.C. nas paredes dos templos de Khajuraho, na Índia. Diz-se que na Suméria, antiga Mesopotâmia, as pessoas costumavam enviar beijos aos deuses. Na antiguidade também era comum, para os romanos e gregos, o beijo entre guerreiros no retorno dos combates.

Era uma espécie de reconhecimento. Aliás os gregos adoravam beijar, mas a difusão da prática deve-se aos romanos.
Na Escócia, era costume o padre beijar os lábios da noiva no final da cerimônia, acreditava-se que a felicidade conjugal dependia dessa benção. Na Rússia uma das mais altas formas de reconhecimento oficial era o beijo do czar.

Beijos podem ser expressões de amor no sentido mais amplo e abrangente da palavra, trazendo uma mensagem de afeto, fidelidade, gratidão, compaixão, simpatia, alegria intensa ou profunda tristeza. E não devemos esquecer que existem os beijos que em princípio, não parecem ser bem-vindos ou podem causar surpresa.

Kristoffer Nyrop identificou uma série de tipos de beijos, como beijos de amor, carinho, paz, respeito e amizade. Ele observa, porém, que as categorias são um tanto artificiais e sobrepostas e que algumas culturas têm outros tipos de gestos desse tipo.

Beijo de afeto – Sem um elemento erótico, o exemplo mais comum é o sentimento intenso que une pais e sua prole, não apenas comuns entre pais e filhos, mas também entre os membros da mesma família. Um beijo de afeto também pode ter lugar após a morte. Nyrop escreve que “o beijo é a última prova afetuosa de amor que agraciamos a quem amamos, e era acreditado, nos tempos antigos, para acompanhar a humanidade ao mundo inferior.”

Beijo romântico – Beijos nos lábios, na boca. Pesquisas indicam que o beijo é a segunda forma mais comum de intimidade física entre os adolescentes no EUA, depois do ato de andar de mãos dadas.

No contexto religioso é comum – Em períodos anteriores ao cristianismo ou ao islamismo o beijo tornou-se um gesto ritual e ainda é tratado como tal em várias culturas.

Em sinal de respeito – É de origem antiga, desde os tempos mais remotos o encontramos. Ele foi aplicado a tudo o que é santo, nobre e de adoração a deuses, suas estátuas, templos, altares, bem como reis e imperadores, fora da reverência, as pessoas ainda beijavam o chão e tanto sol quanto a lua eram recebidos com beijos. O beijo de respeito também representa uma marca de lealdade, humildade e reverência.

Abaixo 24 beijos memoráveis, no cinema, entre figuras da política, em casamentos reais, pinturas valiosas e também animais. Veja …

May Irwin e John C. Rice

O beijo de que escandalizou o público. O primeiro beijo do cinema em 1986, Irwin o deu a Rice no filme de Thomas Edson “O Beijo”.

Michelle e Barack Obama

A câmera do beijo apanhou Barack e Michele Obama durante um jogo de basquetebol em 2012. Não perderam a segunda chance dada pela “Kiss Cam”.

Príncipe Charles e Princesa Diana

O casamento de conto de fadas em 1981foi acompanhado por 100 milhões de pessoas em todo o mundo. Após o casamento o casal, Charles, Príncipe de Gales e Lady Diana Spencer apareceu na varanda do Palácio de Buckingham e deram o beijo para deleite da multidão.

J.D. Thompson e Gilbert Champion

O beijo da vida, como ficou conhecida a foto de 1967, mostra o trabalhador JD Thompsonna tentativa de reanimar o colega de trabalho Champion Gilbert, sem sentidos após um choque. Segundos após a foto tirada por Rocco Morabito, Thompson gritou: “está respirando.”

Scott Jones e Alexandra Thomas

Em 2011, em meio à violência do confronto entre torcidas nas ruas de Vancouver após o Vancouver Canucks perder o jogo contra o Boston Bruins, o casal encontrou tempo para um momento íntimo.

Denis Thatcher e Nancy Reagan

Denis Thatcher, o marido de Margaret Thatcher, beija a mão de Nancy Reagan , a esposa do então presidente dos Estados Unidos da América, em 1988.

Auguste Rodin: ‘O Beijo’

Esta escultura foi criada por Auguste Rodin em 1889, uma fantástica mistura de erotismo e idealismo. Mostra a nobre italiana Francesca de Rimini e o seu amante Paolo Malatesta, ambos mortos pelo marido de Rimini no século 13.

John Lennon e Yoko Ono

Esta foto foi tirada horas antes do assassinato de John Lennon, ocorrido em 08 de janeiro de 1980. Foi capa da edição de janeiro de 1981, em homenagem póstuma, da revista Rolling Stone. Em 2005 foi eleita como a melhor capa de revista dos últimos 40 anos.

William e Catherine de Cambridge

A varanda, 30 anos depois do beijo de Charles e Diana foi cenário para o beijo de William e Kate, partilharam o momento após o casamento em 29 de abril de 2011.

Gustav Klimt: ‘O Beijo’

“O Beijo”, obra mais famosa do pintor austríaco do simbolismo Gustav Klimt, a pintura retrata um casal a abraçar-se. Foi pintada entre 1908 e 1909, e está atualmente em exibição no museu Österreichische Galerie Belvedere em Viena.

Clark Gable e Vivien Leigh

Arrancou suspiros o beijo apaixonado entre Rhett Butler (Clark Gable) e Scarlett O’Hara (Vivien Leigh) do fantástico filme de 1929 “E o vento levou”. O beijo é considerado uma das cenas mais expressivas de todos os tempos.

Richard Gere e Debra Winger

Zack Mayo (Richard Gere) e Paula (Debra Winger) em clímax comovente de “Oficial e Cavalheiro”, após Mayo confessar seu amor.

Burt Lancaster e Deborah Kerr

“Até a Eternidade” de 1953, este beijo abençoado pela água do mar é considerado uma das cenas mais românticas do história do cinema, a cena foi gravada numa praia do Havaí.

Demi Moore e Patrick Swayze

Cena arrepiante do filme Ghost em 1990, Molly Jensen (Demi Moore) vê o amante assassinado, Sam Wheat (Patrick Swayze) assassinado com a ajuda da vidente Oda Mae Brown (Whoopi Goldberg). O amor pode conquistar tudo.

Papa João Paulo II

Em qualquer país que chegasse em visita o Papa João Paulo II beijava o chão, como uma marca de amor pelo país e seu povo. Na foto o Papa beija o chão na chegada ao Aeroporto Vilnius, Lituânia, em 1993.

Tobey Maguire e Kirsten Dunst

O beijo de cabeça para baixo foi de tirar o fôlego. A cena do filme de 2002.

Ryan Gosling e Rachel McAdams

Em “O Diário da Nossa Paixão” os amantes Noah (Ryan Gosling) e Allie (Rachel McAdams) tentam ultrapassar os obstáculos sociais impostos pela família da jovem, o beijo na chuva não deixou dúvidas das intenções do casal.

John Travolta em Scarlett Johansson

Quem assistiu a última gala do Oscar teve uma demonstração de um beijo surpresa. O beijo “maroto” de John Travolta em Scarlett Johansson. Virou piada na rede, mas Scarlett tratou de o defender com essa declaração: “Não via John há alguns anos e é sempre um prazer ser cumprimentada por ele”.

Al e Tipper Gore

Se foi para humanizar a imagem de Gore, que mais tarde concorreu à presidência nos EUA, não se tem certeza, mas o beijo durante o Convenção Nacional Democrata em 17 de agosto de 2000, causou tumulto.

Ray Bourque

Em 09 de junho de 2001, finalmente Ray Bourque conseguiu beijar a Taça Stanley, quando o Colorado Avalanche ganhou o troféu. O feito marcou o fim da carreira de Bourque que durou duas décadas.

George Mendonsa e Greta Friedman

O beijo mais famoso do mundo, ocorreu entre dois desconhecidos. Com a celebração do fim da Segunda Guerra Mundial a 14 de agosto de 1945, um marinho, mais tarde identificado como George Mendonsa, beijou Greta Friedman, uma enfermeira, em Midtown Manhattan. Foi fotografado por Alfred Eisenstaedt e tornou-se um marco.

Ekkachai Tiranarat and Laksana Tiranarat

Ganharam o Guinness World Records para o beijo mais longo. O record foi de 58 horas, 35 minutos e 58 segundos em Pattaya, na Tailândia, em fevereiro de 2013.

O beijo de Judas

O beijo de Judas fala sobre a traição de Judas, um dos 12 apóstolos de Jesus Cristo. De acordo com os Evangelhos Sinópticos, Judas identificou Jesus aos seus inimigos na Última Ceia, em troca de 30 moedas de prata, o preço de um escravo segundo Êxodo 21:32, o que levou à detenção e posterior execução de Jesus. Existem outras perspectivas.

Cynomys ludovicianus

E os beijos não são exclusividade de humanos, conforme aqui demonstrada por dois membros da espécie Cynomys ludovicianus, um cão de pradaria de cauda negra.

“Se quer ser especial na vida de alguém, seja você mesmo. As pessoas precisam de demonstrações e não de aprovações”. – Clayton César Gabriel –

beijo abençoadoprimeiro beijo de diana é julhoPoliana dançando funk 30 segundosFoto de capa para de casamento do novinho beijo de liga na boca
Porno
PornoEAdulto

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.