12
11
14
Foster Huntington é um fotógrafo e blogueiro por trás de um projetos mais legais que eu já vi nos últimos anos. Em seu primeiro blog, The Burning House, Foster pediu a diversas pessoas que tirassem fotos de seus poucos bens que resgatariam se suas casas incendiassem. Ele também trabalhou no projeto #VanLife, no qual fotografou pessoas que moram em caravanas e vans durante três anos nas estradas, que mais tarde virou um livro.
Ambos os blogs se tornaram sensações online e ajudaram a pavimentar o caminho para o mais recente projeto de Foster – construir o que parece ser a casa na árvore mais épica do mundo.

 

“Nós começamos isso em fevereiro e nós esperamos concluir o projeto daqui a duas ou três de semanas”, diz ele por telefone de cima das árvores de Portland, Oregon. “Eu sempre quis ter uma casa na árvore.”

“Eu viajei pelos últimos três anos e eu queria montar minha própria base. Eu genuinamente gostava de viver em um espaço pequeno, e uma casa na árvore me pareceu uma boa evolução”.
“Minha família é proprietária das terras onde construí a casa há 20 anos. Nós sempre acampávamos por aqui. Como conhecíamos o local com a melhor vista, foi lá que escolhemos como o local para construirmos a casa.”

 

“Um dos meus melhores amigos da faculdade é um carpinteiro e eu tenho um monte de amigos que são carpinteiros também, então eu pedi a ajudas de todos. Claro que eu estou pagando todos eles, mas tudo tem sido um esforço de equipe.”

 

“Tem sido totalmente incrível simplesmente fazer o que eu sempre sonhei. Já colocamos um ofurô aqui em cima e uma pista de skate lá embaixo. É uma loucura.”

 

“Há duas casas na árvore, cada uma com cerca de 30 metros quadrados. Uma delas vai ser um estúdio e casa de hóspedes, e a outra vai ser meu quarto.”
“A pista de skate sempre foi parte do plano, eu sempre fui um skatista.”
“Todo o projeto tem custado caro, aproximadamente 240 mil dólares (530 mil reais), ou algo assim. Mas você não poderia criar nada desse tipo em Manhattan ou em qualquer outro lugar.”
“Eu sinto que é importante viver em um lugar que é realmente inspirador e nestes dias da era da internet, você pode trabalhar em qualquer lugar.”
“As pessoas têm essa noção equivocada de que você sempre tem que mudar para a cidade, mas você realmente não precisa disso. Eu tenho Wi-Fi aqui e sinal de internet 4G. E isso é tudo que eu preciso para ganhar a vida. Eu poderia estar aqui ou eu poderia estar em Nova York, e estaria fazendo exatamente o mesmo trabalho. Só que aqui é mais relaxante e mais barato.”

 

“As pessoas gastam dinheiro com as coisas mais estúpidas. Elas compram uma casa grande, ou um apartamento grande e, em seguida, elas só os preenchem com toda essas coisas idiotas e super caras. Tipo uma cadeira de 3 mil dólares ou algo assim. E eu fico tipo, “isso faz você mais feliz? Isso foi sempre o seu sonho? Ter uma cadeira de 3 mil dólares?”

 

“Eu prefiro ter um bowl [de skate] do que uma mesa de cabeceira de 5 mil dólares, entende? Eu gasto meu dinheiro com algo que me faça feliz.”
“Eu sinto que em vez de definirem-se pelo que fazem, as pessoas começam a definir-se por aquilo que elas possuem. Porque o material é caro. E não só é caro, mas uma vez que você tem isso, você se sente obrigado a usá-lo. Eu discordo totalmente disso.”
“Quando me mudei para uma van por três anos, eu só tinha espaço para as coisas que eu precisava, para as coisas que eu realmente queria fazer. Casas na árvore seguem o mesmo esquema. Esta é pequena, com 30 metros quadrados. Por isso, me obrigo a ser muito mais específico sobre as coisas que possuo.”

 

“Porque é pequena, me obrigo a passar a maior parte do tempo fora fazendo coisas.”

“Minha filosofia de vida é ser inspirado pelo que está ao seu redor. Isso é o que as casas na árvore significam pra mim.”
Casa embaixo de arvoreComo comtrui uma casa enbaixo de Rais de árvorecomo fazer casa na árvorecomo fazer uma casa na arvore

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.