30
10
14
Todo mundo que malha diariamente já conheceu uma pessoa que toma (ou já tomou) anabolizantes, para acelerar e facilitar o fortalecimento e crescimento dos músculos, e a eliminação da gordura. De fato, se limitarmos nossa visão a apenas esses fins, essas substâncias são realmente muito eficazes e confiáveis. Mas infelizmente não dá para defender o uso desenfreado dos anabolizantes; eles fazem mal à saúde e podem até mesmo matar.
Mas há um outro problema com esse tipo de substância: as mudanças hormonais são tremendas. Principalmente nas mulheres que, se não tomarem cuidado, ficam cada vez mais parecidas com homens. Aqui Você verá imagens do passado e do presente delas, que não são nada bonitas. Confira:
Anabolizantes x Mulheres
Dar anabolizantes a uma adolescente causa muito mais consequências do que ajudá-la a ganhar uma medalha de ouro – ele pode acabar mudando seu corpo para sempre. E é isso o que aconteceu. A atleta campeã Heidi Krieger, da Alemanha Oriental, afirma que ela estava tão masculinizada por conta das drogas que seus treinadores deram a ela que, mais tarde, acabou escolhendo se tornar um homem. Heidi foi submetida a uma série de operações de mudança de sexo para se tornar Andreas Krieger.

O DRAMA
Anabolizantes x Mulheres
Candice Armstrong, que já foi uma “moça comportada”, agora deixa a barba por fazer, tem ombros largos e ganhou um pênis de uma polegada (aproximadamente 2,5 centímetros) após o uso de anabolizantes em uma tentativa desesperada de emagrecer e fortalecer o corpo.
A ex-garçonete de Londres disse que seu pesadelo começou quando ela se registrou em uma academia para emagrecer. Armstrong, que sofre de dismorfia corporal, revelou que ela malhava três horas por dia, mas estava convencida que a parte superior de seu corpo estava muito magro. Muitos disseram a ela que seus bíceps estavam grandes demais, mas ela não se convenceu disso. Quando um colega da academia sugeriu a ela que usasse esteroides, Candice logo desenvolveu um vício à substância .
A transição foi tão extrema que ela agora se veste com roupas masculinas para que não seja confundida com um travesti, e também evita banheiros femininos.
A EX-VICE MISS OLÍMPIA
Anabolizantes x Mulheres
Em 1993, Denise Rutkowski terminou em segundo lugar no concurso Ms. Olympia, e desde então, sua vida foi de mal a pior. Em 1994, ela voltou para casa, no Texas (EUA) para estudar o evangelho e dentro de dois anos ela estava viajando por todo o país para converter pessoas ao cristianismo. Avance para 2012: Denise é presa por evasão de prisão. Isto é o que acontece quando você mistura doses maciças de esteroides com vício em drogas ilícitas e transtorno bipolar.
A MULHER QUE COMPARA O FISICULTURISMO AO ALCOOLISMO
Anabolizantes x Mulheres
Mimi D’Attomo – que começou a fazer musculação quando estava perto dos seus 30 anos de idade – tornou-se fanática em seu desejo de vencer nas competições, e acabou se voltando às drogas. Ela começou a misturar coquetéis de esteroides e diuréticos após competir por três anos.
Muitas mulheres, diz ela, misturam combinações potencialmente prejudiciais de insulina, diuréticos, hormônio de crescimento, beta-bloqueadores e drogas anti-HIV. Felizmente para D’Attomo, ela parou de usar drogas antes dos efeitos secundários se tornarem irreversíveis, mas ela levou três anos para se recuperar. O rebalanceamento hormonal fez com que ela ganhasse 20 quilos de gordura, e que sofresse de depressão, além de dores agudas nas articulações.
Mulheres…não tomem esse veneno!
Geraligado – Todo mundo ligado .
imagem de perna quando faz academia como ficaimagens sátira de pessoa que tomou anabolizantewww karlacarvalho encontro comhomens

Deixe seu comentário

Os comentários do blog, são via Facebook. Para comentar você tem que estar logado lá! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor.